1.9.11

Aqui fica o resto do capítulo :) espero que gostem. Continua a ser dedicado à Pipa, porque ela merece.

Eu sei que não é muito grande mas é por ser a continuação do outro. O de amanha é maior prometo.


 

Durante os próximos 3 dias íamos ter pelo menos 2 tardes para visitar Rio IV... ou pelo menos para eu visitar, visto que o Pablo já conhecia aquilo tudo.

De manha, o Pablo tinha que seguir à risca o plano de treinos do Jesus, ou caso contrário, ele não o deixaria jogar no jogo contra o Manchester United.

Levantei-me bem cedo, vesti uma roupa mais quente, pois era inverno na Argentina. Uma camisa com unas skninny jeans, os meus botins leopardo com um casaco a combinar de pelo. Deixei o cabelo ao natural, um pouco de maquilhagem e estava pronta.

 

 

 

Combinei com a Bianca, irmos fazer umas compras... queria levar umas recordações da Argentina para a minha família e para as meninas.

Acabei por comprar uma mate cup personalizada para todas. Voltamos perto da hora do almoço. Ajudamos a mãe do Pablo com o almoço que depois de muito dizer que não precisava de ajuda lá a convencemos a deixarmos ajudar.

O Pablo voltou do seu treino, beijei-o suavemente e sentamo-nos todos a mesa. Ainda havia uma pequena notica por anunciar. Trocamos olhares e percebems que estava na hora.

-Madre... Padre yo y Jane tenemos una cosa para vos dicer...

-Claro cariño... que pasa? - disse a mãe dele...

A Bianca olhou para mim e sorriu, ela e o andrés já sabiam desde ontem...

-Yo e Jane vamos casar!

Sorri para ambos envergonhada.

Ambos fizeram despertar um sorriso nos seus rostos, e levantaram-se para nos abraçarem e felicitarem. Ter a aprovação dos pais do Pablo nisto, era óptimo. Eles eram realmente queridos e super atenciosos.

Depois de um belo e quente mate, fomos dar uma volta pelas margens do Rio... Rio esse que dava o nome a própria cidade.

A Sara ligou... tinha conseguido falar com o Rúben, mas ele não tinha descosido nem um pouquinho, e estávamos na mesma, quando voltasse para Portugal a primeira coisa que tinha que fazer era falar com ele.

Os país do Pablo acabaram por sair com o Andrés e a Bianca para uma peça de teatro de rua que iriam fazer na praça. O Pablo não quis ir, preferiu ficar a descansar e eu aproveitei para lhe fazer companhia.

Seguimos para o quarto, e ligamos a tv. Os seus braços rodearam a minha cintura puxando o meu corpo para o dele. Uma das suas mãos afastou o cabelo do meu pescoço, deixando o meu pescoço e costas à mercê dos seus beijos.

Virou-me para ele e beijou-me docemente os lábios.

-No era supeusto descansares?- perguntei-lhe mordendo ligeiramente o lábio. Mas a única resposta que obtive, foi ver as suas mãos livrarem-se das peças de roupa que ainda tinha no corpo, enquanto os seus lábios procuravam fervorosamente os meus.

As minhas mãos acabaram por fazer o mesmo percurso no seu corpo, removendo primeiro a t-shirt e depois as calças.

Muito subtilmente puxou o meu corpo para o seu colo, para me deitar sobre a cama e deixar o seu corpo deitar-se sobre o meu.

As suas mãos sentiram cada centímetro de pele do meu corpo, as minhas perderam-se nos seus cabelos, enquanto o beijava.

Adorava a forma como ele me beijava e acariciava carinhosamente e ao mesmo tempo conseguia ser tão sensual e deixar-me completamente louca.

Em minutos, as nossas respirações aceleraram. As paredes abafavam os nossos gemidos, e as minhas mãos cravaram-se nas suas costas assim que o prazer nos atingiu.

 

 

tags:
sinto-me: :3
música: Rihanna - Russian Roulette
link do postPor pablitoaimar, às 17:59  comentar

De Pipa a 1 de Setembro de 2011 às 19:19
já disse que sou uma pessoa muito exigente, logo estes capítulos tem de ser maiores guapita !

mas adorei

besitos

De Annie a 1 de Setembro de 2011 às 19:56
está perfeitinho :D está lindo

De Thelma a 1 de Setembro de 2011 às 19:58
tinha que dar nisto outra vez, não era, Janee? haha
está fofinho :3
quero mais! :D

De branquinhosdoscachosdourados a 1 de Setembro de 2011 às 22:39
fantastico...

quero mais...

continua...

mais sobre mim