26.2.12

Novo Capítulo!!! Para animar depois do resultado de hoje :3

 


E ali estavam eles com um sorriso nos lábios. O que para começar até era bom sinal. E digo-o por experiência própria. 

Nick O’Malley, Jamie Cook, Matt Helders e Alex Turner. THE... ARCTIC MONKEYS!

 

-Hiii! How are you guys? – perguntou logo a Suzie destribuindo uma ronda de beijinhos pelos 4.

-Fine! Yeah Yeah, very well! – ouvi-os responder. 

-Oh this is Jane, she’s a fashion designer and she’s going to do the styling for the photoshoots and shows! 

-Hi! – disse timidamente enquanto me aproximava para eu também destribuir a minha ronda de beijinhos. 

-Hi hottie! – disse o Matt brincando.

-Don’t say that to the bird Matt. – interrompeu o Alex sorrindo. 

-Su, are not going to introduce us to the lovely lad? – perguntou o Alex.

-Oh, It’s ok! – apresei-me a responder. – I’m very well informed, thanks. I perfectly know who you guys are. – disse deixando escapar um sorriso sincero. 

 

Eu era fã! Obvio, sem sombra de dúvidas! E eles são grande banda diga-se de passagem, e eu sabia que isto era uma oportunidade única de poder trabalhar com eles. 

Logo idealizei os looks para cada um deles. A photoshoot seria realizada 1º na sala do estúdio e depois fora na rua adjacente. 

Os looks seriam casuais por agora, pois era o que era pretendido segundo a Suzie. 

E nuns meros 15 minutos poderia descrever o que tinha observado em cada um deles.

Nick O’Malley, o homem dos macacos do ártico, claramente o mais relaxado e mais maduro. 

Jamie Cook, o mais tímido, querido e atencioso, ainda que dentro da sua timidez.

Matt Helders, o brincalhão.

Alex Turner, o poético, detentor de um humor muito característico e engraçadíssimo. O típico british frontman, HOT AS HELL. 

 

-Wake Up! – ouvi a Suzie sussurrar no meu ouvido assim que eu desliguei do meu estado de transe descrevendo-os um por um no meu cérebro. 

-I woke up like at least... – olhei para o relógio. – 8 hours ago! – completei. 

-So focus! I know they are all gorgeous but we have work to do, and do not fall in love, it’s not good for your work! – disse rindo.

-What? – perguntei desnorteada, de onde tinha surgido aquela conversa. –They’re not that gorgeous! And I’m not going to fall in love with anybody I have a future husband waiting for me in Portugal ok! – respondi, e só esperava que aquelas pobres criaturas não estivessem a ouvir porque não era de meu agrado dizer que eles não eram assim tão giros porque até eram, mas não queria dar parte fraca. Ela tomava-me por quem? Por uma miúda inocente que se apaixona por todo o “bolo de chocolate” que lhe passar diante os olhos? Not, my dear!

-Oh!  Congratulations sweetie! I didn’t know you were going to marry! 

E assim que ouvi aquelas palavras tive que voltar a forçar um sorriso. –Thanks. – foi tudo o que saí forçado por entre os meus lábios. E graças a deus, eles voltaram a entrar na sala cortando o akward moment. 

-Oh that’s it! You guys look great! – disse vendo os conjuntos que tinha escolhido com eles, agora nos seus corpos. 

 

Depois disso o que podia fazer era ficar a observar, enquanto eles se desponham pelo cenário enquanto a Suzie fazia a maquina desparar os pequenos flashes e os coordenava de forma a que ficassem nas poses que ela tinha idealizado. 

Eu observava toda aquela cena e via segundos depois todas as fotos chegarem ao computador perto de mim. Ela era mesmo boa no que fazia. E eles estavam perfeitos dentro do registo deles. Mal podia esperar pelo novo álbum que eles vão lançar amanha, pelo que nos adiantaram chama-se “Suck it and See”.

Duas horas e 2378 fotos depois, eles podiam descançar enquanto editávamos as fotos, logo as selecionaríamos em conjunto. 

-Alex, there’s a guitar downthere, play something for us while we photoshoop you’re big fat asses! – disse a Suzie provocando-o.

-BIG FAT ASSES??- perguntou indignado o Matt.

Eu e o Alex limitamo-nos a rir. Mas ele lá se rendeu... Vi-o levantar-se e pegar na dita guitarra.

E logo em pequenos acordes pude prever o que vinha aí.

 

 

 

 

 

 

 

“Fools on parade cavort and carry on


 

For waiting eyes


 

Ones you would rather be beside than in front of


 

But she's never been the kind to be hollowed by the stares

 

She swam out of tonight's phantasm


 

Grabbed my hand and made it very clear


 

There's absolutely nothing for us here
It's a magnolia celebration


 

To be attended on a Wednesday night


 

It's better that than get a reputation


 

As a miserable little tyke


 

At least that's the conclusion


 

She came to in this overture

 

The secret door swings behind us


 

She's saying nothing


 

She's just giggling along”

 

 

 

“Secret Door” do albúm Humbug... E isto até se tornava relaxante. 

 

 

 

 

 

tags:
sinto-me: :3
música: secret door - arctic monkeys
link do postPor pablitoaimar, às 00:35  ver comentários (4) comentar

24.2.12

Aqui fica mais um capitulo. Como prometido ;) Parte do capitulo está em Inglês... Tendo em conta que também escrevo a fic em castelhano achei por bem também faze-lo em Inglês nas partes relativas ao Inglês. Espero que não haja qualquer tipo de problema.

 


 

Falei ao Pablo da viagem a qual ele encarou como mais um trabalho. Já estava habituado ás minhas viagens de trabalho. Eu claro, encarei isto como um escape. Não precisava de continuar a fingir... Pelo menos durante os próximos 6 dias.

Fiz a mala. Não precisava assim de tanta coisa para 6 dias e não precisava de preparar outfits para nada extraordinário, o que por um lado eu adorava.

Acordei cedo, a primeira sessão seria feita ainda esta tarde. O Pablo deixou-me no aeroporto e tudo iria correr bem. Só esperava que todas as peças que eu tinha potencialmente escolhido para o primeiro dia de photoshoots estivessem todas lá. Até porque eu não sabia o que me esperava mas tinha que estar preparada.

-Te amo, bueno trabajo. – disse-me dando-me um leve beijo nos lábios.

-Gracias! – retribuí o beijo e consegui sacar um sorriso para me despedir. Apesar de tudo o que se passava comigo, eu amava-o e não tinha dúvidas disso. Os meus problemas eram comigo mesma e doía-me imenso o facto de esses problemas o afectarem quase directamente.

Aterrei em Londres 2 horas depois. Eu achava o aeroporto de Lisboa demasiado populado, mas o de Londres era o descalabro total. E eu ali, 1,59cm no meio de tanta gente, era surreal.

Avistei a Suzie, ainda que eu tenha pensado que tal feito fosse impossível, e ali estava ela, a acenar freneticamente, por entre cabeças e corpos a uns 7 metros de mim.

Dirigi-me a ela, o meu ar transmitia calma e serenidade. E realmente era assim que me sentia, ultimamente só a trabalhar e longe de casa a que me sentia realmente calma. E essa calma apoderou-se de mim assim que o avião descolou da pista em Lisboa.

-Hi Jane, how are you sweetie? – disse ela com enorme sorriso no rosto.

-Good! And you?

-Ohhh honey ‘kind off stressed out, fucking work, you know! But I’m ok.

Ri-me da naturalidade com que ela disse aquilo. – You better be, ‘cause we have a lot of work to do here!

-Oh we sure do, cmon’ let’s go. We’re going to have lunch first and then we’ll do the first shoot.

-Ok! – respondi e seguia.

Apanha-mos um táxi até ao centro de Londres e paramos em frente a um restaurante amoroso. Eu adorava tudo em Londres. Era tipo o sitio perfeito para acabar o resto dos meus dias. Ainda que o tempo não fosse algo que me agrada-se eu adorava tudo o resto que englobava Londres. Os táxis pretos antigos, os monumentos, a roda gigante, the London Bridge, os mais variados estilos misturados a cada esquina. As lojas de roupa vintage! Roupa alternativa! Do mais banal ao mais kitsh, eu simplesmente amava.

-So... are you going to tell me who are they? – perguntei por entre mais uma garfada que dava na salada.

-No! It’s a surprise but I think you’re going to go crazy about them. You like they’re music.

-Stone Roses? – perguntei curiosa. –Noel Gallagher’s High Flying Birds? –arregalei ainda mais os olhos –THE WHOOO?

Ela riu. –No!! You’ll see.

-Ok. – disse claramente derrotada.

Acabamos de almoçar calmamente e saímos logo directas para o estúdio da Suzie, onde já se encontravam todas as peças que tinha pedido para trazerem.

Eram bastante rock n’ roll ainda que bastante modernas e com um twist contemporâneo. Porem com um toque básico que no geral funcionava e ficaria harmonioso. Pelo menos era o que eu tinha idealizado pela descrição da Suzie, ela não me tinha dado quaisquer especificações e eu não fazia ideia de com quem estava a trabalhar.

-So, what’s the schedule? – perguntei já que só nos encontravamos ainda, as duas no estudio.

-Today’s the first shoot, it’s kind of experimental and for a couple of magazines. Tomorrow they’re going to put out they’re new record and then we’ll do another photoshoot in the afternoon. It’s promotional for the record. Then we have two days with concerts one in Sheffield another in Dublin we have to cover all the concert, do concert photos for magazines and websites. After that we’ll get back to London, for another show, and we’ll do a photoshoot only with the front man.

In the Last day it’s a review and we’ll have a party in the end.

-Hummm ok! It sounds great.

-It sounds like fun! – completou ela, animadissima.

-Oh, here they are… - disse e isso despertou a minha total atenção.

Numa fracção de segundos virei-me e vi 4 rapazes entrarem no estudio, todos com um ar bastante contente e friendly.

-Jane, these are the…

-Oh I know who they are! – interrompi, e naquele momento um sorriso formou-se no meu rosto. Um sorriso verdadeiro como à muito não deixava transparecer no meu rosto.

 

tags:
sinto-me: :3
música: arctic monkeys ft richard - you and I
link do postPor pablitoaimar, às 21:12  ver comentários (2) comentar

mais sobre mim